O empreendedor que pretende investir em franquias baratas pode encontrar diversas opções no mercado, sendo que as mais lucrativas estão nos setores de serviços, alimentação e pequenos negócios de nicho, como bijuterias, por exemplo.

Com o crescimento da classe C no Brasil, várias franquias ganharam novas unidades e remodelaram seus negócios com a criação de franquias virtuais ou franquias.

Investir em franquias requer bastante estudo e conhecimento na área de atuação, portanto, antes de começar um novo negócio, informe-se sobre a marca e consulte outros franqueados da mesma rede que pretende abrir.

Veja a seguir 9 franquias de sucesso no Brasil

Franquia da FastFrame

A FastFrame/Moldura na Hora é uma rede de franquias especializada em molduras rápidas e produtos de decoração como quadros, espelhos e pôsteres. Inaugurada no Brasil em 1996, a marca tem cinco unidades próprias e 50 franqueadas.

O espaço mínimo para instalar uma loja é de 30 metros quadrados e é preciso contratar dois funcionários. O investimento inicial de uma franquia é de 90 mil reais e o faturamento médio mensal é de 35 mil reais. O prazo de retorno do capital investido é de 18 a 24 meses.

Investimento inicial: a partir de 90 mil reais
Prazo de retorno do capital: de 18 a 24 meses

Franquia da Yes!

A escola de idiomas Yes! foi fundada em 1972 e começou a expansão dos seus negócios por meio de franquias em 2005. Ao todo, são 128 unidades franqueadas e cerca de 30 mil alunos da rede. Até o final do ano, a marca tem expectativa de abrir 10 novas franquias no Nordeste.

Para abrir uma unidade da Yes!, é necessário ter uma área mínima de 150 metros quadrados e uma equipe de oito funcionários. O faturamento bruto médio varia de 30 mil a 75 mil reais, dependendo do tamanho da escola. A marca não cobra taxa de royalties.

Investimento inicial: a partir de 69 mil reais
Prazo de retorno do capital: entre 18 e 24 meses

Franquia Manager

Fundada em 1990, a Manager atua no mercado de administração de condomínios e começou a expansão do negócio por meio de franquias em 2011. No ano passado, o faturamento bruto da marca foi de 7 milhões de reais.

O investimento necessário para ser um franqueado é de 40 mil reais e o prazo de retorno do capital é de 24 meses. A franquia trabalha no modelo home-based e o franqueado atuará na administração de condomínios e associações, além de operar nas áreas de venda, compra e locação de imóveis.

Investimento inicial: R$ 40 mil
Prazo de retorno do capital: 24 meses

Franquia Mr. Limp

Especializada em serviços de limpeza e conservação, a Mr. Limp é nova no ramo de franquias. Sob o comando dos empresários Henrique Soares e Luiz Carlos Serafim, a marca planeja chegar a mais de 40 franquias neste ano. O investimento relativamente baixo é a principal aposta da empresa.

São duas categorias de franquias: uma que faz limpeza de telhados e pós-obra e outra que agrega limpeza em rapel e tratamento de pisos. A empresa mensalmente cobra royalties de 2 salários mínimos e taxa de publicidade de 1/2 salário mínimo. A área mínima para instalar uma unidade é de 35 metros quadrados e é necessário ter três funcionários. O lucro líquido, segundo a empresa, pode ser de 15 mil reais.

Investimento inicial: a partir de R$ 35 mil
Prazo de retorno do capital: 6 a 12 meses

Yogoberry Franquias

Gelado, natural e azedinho. Foi nesta fórmula que as irmãs Un Ae Hong e Jong Ae Hong apostaram para criar um novo meio de ganhar a vida. Febre nos Estados Unidos e na Europa, o frozen yogurt é feito à base de leite e sem nenhuma gordura.

Depois de mais de um ano de pesquisas para avaliar o mercado e o público, a Yogoberry surgiu em Ipanema, no Rio de Janeiro, em 2007. Com investimento inicial de 500 mil reais, as duas lojas próprias, em Ipanema e no BarraShopping, tiveram um faturamento de dois milhões de reais, em 2009.

Hoje, conta com 36 lojas, sendo duas próprias e 34 franquias, espalhadas por Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Paraná e Recife.

Investimento inicial:
R$ 350 mil
Prazo para retorno do capital:
de 18 a 24 meses

Franquia da Station Car

Com lojas grandes, entre 450 e 600 metros quadrados, a marca Station Car começa a inaugurar suas franquias. São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Pernambuco já receberam unidades.

A empresa oferece serviços de funilaria e pintura, higienização, lavagem, cristalização e enceramento. A rede conta, hoje, com doze franquias abertas.

Investimento inicial: a partir de R$ 176 mil
Prazo para retorno do capital: de 28 a 32 meses

Franquia Nosso Bar

Uma das novidades no mercado de franquia deste ano, a franquia Nosso Bar, da Ambev, quer conquistar a classe C. A meta da rede é inaugurar 200 unidades até o final de 2011.

As vinte unidades em funcionamento em São Paulo faturam entre R$ 25 mil e R$ 40 mil por mês, com margem de lucro de 15%. As franquias serão comercializadas no modelo de bares de rua.

Investimento inicial: a partir de R$ 25 mil
Prazo para retorno do capital: de 12 a 20 meses

Imprimate

O birô de impressão 3D Imprimate está estreando no mercado de franquias. A meta da empresa é inaugurar 25 unidades durante o ano de 2012 e aumentar em 30% o faturamento da marca.

Os franqueados ficam responsáveis pela parte comercial do trabalho, por isso, não precisam investir em máquinas. As franquias, que podem ser home-based, chegam a ter lucro líquido de 3 mil a 5 mil reais por mês. Cidades com mais de 200 mil habitantes estão nos planos da empresa.

Investimento inicial: a partir de R$ 24 mil
Prazo para retorno do capital: 12 a 18 meses

Franquia Max Sushi

Criado em Goiania, em 2007, o restaurante japonês Max Sushi tem unidades em Anápolis, Caldas Novas, Belo Horizonte, Brasília e Santos. Com o conceito de fast-food, a rede prepara-se para crescer com franquias.

Hoje, 40 mil clientes são atendidos, em médias, todos os meses pela rede. A previsão é que cada franquia fatura 120 mil reais por mês.

Investimento inicial: a partir de R$ 250 mil
Prazo para retorno do capital: 24 meses